Nápoles – Sorrento – Encontro Internacional dos Procuradores da República

Nápoles – Sorrento

Nápoles

bd95642c670811e2bfae22000a9e0782_7

É uma das poucas cidades europeias do mundo antigo que nunca foi totalmente destruída. Fundada pelos gregos e ampliada e melhorada pelos romanos, tornou-se nos séculos seguintes um prêmio cobiçado por diferentes invasores estrangeiros e imperialistas, como os normandos, a dinastia alemã dos Hobenstaufen, os franceses e o espanhóis.

Hoje, Nápoles é uma metrópole caótica, mas espetacular. Estende-se ruidosamente ao redor do extremo da baía de Nápoles. De um lado, fica frente a frente com o monte Vesúvio; de outro, olha para o mar, onde repousam as belas ilhas de Capri, Ishia e Procida.

 

Pompéia e Herculano, à sombra do vulcão que as destruiu, abrigam as ruínas mais reveladoras da Itália. Por séculos Nápoles dominou o Sul da Itália – o Mezzogiorno ou terra do sol do meio dia.

365e65245da011e28e7522000a1fbe50_7Os muitos palácios, igrejas e mosteiros do centro de Nápoles concentram-se em poucas ruas. Saindo da Piazza del Plebiscito, a Via Toledo (ou Via Roma) vai para o norte em direção à Piazza Dante.

A leste, a estreita Via del Tribunale e Via San Biagio dei Librai entram no barulhento centro histórico da cidade, o Spaccanapoli.

Ao sul do Palazzo Reale fica o bairro de santa Lucia e, a oeste, o porto de Mergellina. A imperatriz brasileira Teresa Cristina, mulher de D. Pedro II, nasceu aqui em 1822.

 

 

Pontos Turísticos

Nordeste de Nápoles

Muitas preciosidades artísticas e arquitetônicas da cidade situam-se nesta aérea, entre elas o Museo Archeologico Nazionale e os tesouros romanos trazidos de Herculano e Pompéia. Os prédios têm diferentes estilos arquitetônicos – do gótico francês (do Duomo) ao renascentista florentino (da Porta Capuana).

Principais atrações:

-Capella Sansevero
-Castelo Capuano e Porta Capuana
-Duomo
-Galleria Umberto I e Teatro San Carlo
-Gesù Nuovo
-Monte della Misericordia
-Monteoliveto
-Museo Archeologico Nazionale

Centro de Nápoles

O velho coração de Nápoles é a área de santa Lucia, limitada pela Via Duomo a leste, Via Tribunali ao norte, Via Toledo (ou Via Roma) a oeste e pelo mar ao sul. Especialmente rica em igrejas dos séculos 14 e 15, a área oferece grande quantidade de atrações.

Principais atrações:

-San Lorenzo Maggiore
-Museo Filangieri
-Sant´Angelo a Nilo
-San Domenico Maggiore
-Santa Chiara
-Gesù Nuovo
-Sant´Anna e San Bartolomeo dei Lombardi

Sudoeste de Nápoles

Ao sul da Via A Diaz, encontram-se castelos, o palácio real de Nápoles e o populoso Quartieri Spagnoli ou Bairro Espanhol. Nos arredores da cidade entiga, vários museus abrigam-se em edifícios históricos.

Principais atrações:

-Castel Nuovo
-Museo Nazionale di San Martino
-Museo Principe di Aragona Pignatelli Cortes
-Galleria Umberto I
-Palazzo Reale
-Villa Floridiana
-Museo di Capodimonte
-Catacumbas de San Gennaro
-Castel dell´Ovo

Onde Comer e Beber

Da Michele Pizzeria (barato)
As melhores pizzas clássicas de Nápoles (o preço varia conforme a quantidade de mussarela na cobertura). Decoração despojada e mesas compartilhadas. Vale a espera.
Via Cesare Sersale 1/3 (esq. c/ Via P. Colletta), 80139; 081 553 9204; fecha domingo.

Umberto Ristorante e Pizzeria (barato-moderado)
Fundado em 1916, este restaurante serve comida excelente, tradicional ou com toques modernos. Não perca o delicioso antepasto napolitano. Serviço atento.
Via Alabardieri 30/31, 80121; 081 418 555; www.umberto.it; fecha segunda.

Trattoria ´Ntrella (barato-moderado)
Lugar hospitaleiro, com pratos tradicionais napolitanos. O vinho da casa, simples mas bom, combina com a comida.
Salita Santa Anna Di Palazzo 25, 80121; 081 427 783; www.locandantrella.it; fecha domingo à noite e no almoço de segunda.

Outras opções:
Prove o incrível gelato e os doces, como sfoglitella (camadas de massa em forma de cone recheadas com creme de limão), ou a torta de alcachofra na Scaturchio Pasticceria (Piazza San Domenico Maggiore 19, 80134; 081 551 6944; www.scaturchio.com).

Em Sorrento

Sorrento_cidadeProvíncia de Nápoles, Sorrento tem belas vistas. Está impregnada do aroma das laranjeiras, lembrete constante para provar o licor local, o limoncello. Caminhe pelas trilhas nos rochedos e sua vista panorâmica, ou misture-se aos moradores na passeggiata que desce até o porto. Também se pode nadar ou tomar sol.

Se a volta for muito íngreme, pague uma pequena tarifa para ir de elevador até a Piazza Vittoria. A Museobottega della Tarisialignea (Palazzo Pomarici Santomasi, Via San Nicola 28; fecha domingo) conta a história do famoso intarsio (entalhe em madeira) de Sorrento. Ele aparece nas cadeiras do coro da Cattedrale de San Filippo e Giacomo (Corso Italia 1; diariamente), da Idade Média, e no Museo Correale di Terranova (Via Correale 50; decha terça). Dê uma espiada nas lojas das vielas paralelas ao Corso Italia. Santo Antônio, padroeiro de Sorrento, tem uma basílica na Piazza Sant´Antonino, construída por volta de um templo anterior.

Onde Comer e Beber

Zi´Ntonio (barato-moderado) – Simpático restaurante de frutos do mar.
(Via L. De Maio 11, Via Marina Grande 180, 80067; 081 807 3033; www.zintoniomare.com)

Il Buco de Aversa Giuseppe (caro) – Um dos restaurantes clássicos de Sorrento, nos arcos sob a basílica. (Rampa Marina Piccola 5, 80067; 081 878 2354; www.ilbucoristorante.it; fecha quarta)