5ª Câmara promove debate sobre as 10 Medidas

Evento contou com a presença de parlamentares

Nesta quarta-feira, 7, a 5ª Câmara de Coordenação e Revisão (CCR) do MPF promoveu debate público sobre as 10 Medidas Contra a Corrupção. O evento foi promovido em função do Dia Internacional de Combate à Corrupção, que é celebrado na próxima sexta-feira, 9. O objetivo foi de discutir as alterações feitas no projeto de lei original e chamar atenção para os riscos da proposta. O debate ocorreu no Memorial da Procuradoria-Geral da República, em Brasília (DF).

O Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, abriu a solenidade defendendo a versão original do pacote anticorrupção apresentado pelo MPF e ressaltou que a prevenção é o melhor remédio para combater irregularidades. Para o PGR, é necessário o aprimoramento do sistema penal. Segundo ele, "a Justiça tarda e a Justiça falha".

A mesa redonda foi mediada pela coordenadora da 5ª CCR, Mônica Nicida. Três senadores estiveram presentes: Álvaro Dias (PSDB-PR), Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Ronaldo Caiado (DEM-GO). Eles foram unânimes na afirmação de que o Senado deve restaurar a essência do pacote das 10 Medidas.

O apoio popular também foi lembrando por eles. Segundo Caiado, "nunca tivemos um engajamento social tão grande e estão enganados os que pensam que podem ignorar isso". Álvaro Dias ressaltou que a população estava adormecida, mas que agora existe esperança.

O trabalho da Força Tarefa da Lava Jato foi exaltado por Randolfe. “A corrupção se tornou algo sistêmico. A Lava Jato mostra que ela pode e deve ser derrotada”, enfatizou. O senador pediu que, mesmo com as tentativas de enfraquecimento, o Ministério Público não desanime, pois esse é um momento crucial de luta.

O deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), relator do PL 4.850/2016, também foi ouvido. Ele afirmou ter esperança que o Senado recomponha o projeto.

Também estiveram presentes integrantes da Força-tarefa Lava Jato, membros dos Ministérios Públicos Estaduais, do Poder Judiciário e representante da Transparência Internacional.