Comissão Julgadora define finalistas do V Prêmio República

Os vencedores de cada categoria serão anunciados na cerimônia de premiação, que ocorrerá no dia 9 de maio, em Brasília (DF)

Em encontro realizado hoje, 24, na ANPR, a Comissão Julgadora do V Prêmio República de Valorização do Ministério Público Federal definiu os trabalhos finalistas. As iniciativas foram analisadas tomando por base os seguintes critérios: eficiência, alcance social, criatividade, potencial de multiplicação e complexidade. Os vencedores de cada categoria serão anunciados na cerimônia de premiação, que ocorrerá no dia 9 de maio, em Brasília (DF). Todos os finalistas receberão certificado de participação.

De acordo com o presidente da ANPR, José Robalinho Cavalcanti, as iniciativas apresentadas merecem aplausos e devem ser replicadas pelo país. “Os trabalhos escolhidos merecem ser reconhecidos não só pelo Ministério Público Federal, mas também pela sociedade”, afirmou.

Para o Deputado Federal Miro Teixeira (Rede/RJ), um dos jurados desta edição, o Prêmio República tornou-se uma ferramenta importantíssima para disseminar boas práticas. “O Brasil precisa conhecer o trabalho do MPF de perto, tem muita coisa boa”, disse.

A 5a edição do Prêmio República recebeu 91 inscrições nas 11 categorias, sendo nove destinadas a iniciativas de membros do MPF, uma para jornalistas e outra para projetos de responsabilidade social.

Compõem a Comissão Julgadora: o Presidente da ANPR, José Robalinho Cavalcanti; o Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot; o Vice-Presidente da ANPR, Humberto Jacques de Medeiros (PGR); o Subprocurador-geral da República aposentado Celso Roberto da Cunha Lima (PGR), representando a Diretoria da ANPR; o Ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Herman Benjamin; o Deputado Federal Miro Teixeira (Rede/RJ); o Membro do Conselho Nacional do Ministério Público Antônio Pereira Duarte; a Presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (CONAMP), Norma Cavalcanti; o representante da Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) Francisco Gaetani; a especialista em responsabilidade social e fundadora da Escola de Gente, Claudia Werneck; o Vice-Presidente da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo, Vladimir Netto; e o jornalista e editor do Correio Braziliense, Vicente Nunes.

Confira a lista dos finalistas.