6ª CCR promove reunião para falar sobre direitos indígenas

ANPR participou do encontro

Nesta quinta-feira, 4, o presidente da ANPR, José Robalinho Cavalcanti, participou de reunião promovida pelo coordenador da 6ªCCR, Luciano Mariz Maia, com entidades, ONGs e deputados para tratar do relatório apresentado pela CPI da Funai/Incra 2.

Segundo o coordenador da 6ª Câmara, a CPI não cumpriu o seu papel. “Não foram descobrindo fatos a partir da investigação, foram corroborando fatos para construir uma narrativa”, argumentou. Maia explicou aos representantes que atuam em prol dos direitos indígenas que a CPI não faz investigação criminal e portanto não pode indiciar pessoas.

Robalinho ressaltou que o relatório apresentado no dia 2 tem um propósito político e “transforma luta em ilegalidade”. O presidente da ANPR citou a nota emitida pela entidade ontem, 3. O texto sai em defesa da atuação dos membros do MPF e daqueles que trabalham pelas causas indígenas.