Frentas organiza mobilização contra a Reforma da Previdência

Ato ocorrerá no dia 1º de fevereiro de 2018

Os membros da Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público (Frentas) farão um ato de protesto contra a Reforma da Previdência e o projeto que criminaliza as prerrogativas dos advogados, e a favor da independência judicial, no dia 1º de fevereiro de 2018. A mobilização foi definida em reunião realizada na terça-feira, 12.

O presidente da ANPR, José Robalinho Cavalcanti, destacou a insatisfação com os andamentos dos projetos que tratam sobre a Reforma da Previdência no Congresso Nacional. “Precisamos mostrar que não estamos de acordo com o texto apresentado. Trata-se de uma retaliação contra membros do MPF, juízes federais e servidores públicos”, afirmou.

Participaram da reunião, o vice-presidente da Ajufe na 1ª Região, André Prado; o vice-presidente na 2ª Região, Eduardo André Brandão; o vice-presidente na 4ª Região, Nelson Alves; o secretário-geral, Fernando Mendes; o presidente da AJUFER, Leonardo Pauperio; o presidente da AJUFERJES, Fabrício Castro; o vice-presidente da AJUFEMG, Carlos Geraldo; o representante da AJUFEPI, Adonias Ribeiro; a juíza federal membro da Comissão Ajufe Mulheres, Maria Cândida Carvalho Monteiro de Almeida; o juiz federal Victor Souza; e os delegados do Pará, Ilan Presser, Espírito Santo, Aylton Bonomo Júnior, e do Ceará, Thiago Carvalho.