ANPR participa do lançamento do projeto MPF Cidadão 30 anos

Ao longo de 2018, atividades serão realizadas, destacando a atuação do MPF

O presidente da ANPR, José Robalinho Cavalcanti, participou hoje, 14, do lançamento do projeto MPF Cidadão 30 anos. A cerimônia ocorreu no Memorial Pedro Jorge, na Procuradoria-Geral da República, em Brasília na mesma data em que é comemorado o Dia do Ministério Público Federal. Participaram do evento, a Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge e cinco ex-procuradores-gerais, Inocêncio Mártires Coelho, Aristides Junqueira, Geraldo Brindeiro, Claudio Fonteles e Antonio Fernando Souza.

“Em quase trinta anos, ganhamos capilaridade. Hoje são mais de 200 unidades em todo o país. Ganhamos também reconhecimento e cobrança da sociedade. Para celebrar essa intensa trajetória, o MPF promoverá o Projeto MPF Cidadão – 30 Anos: uma história de Combate ao Crime e de Proteção aos Direitos Humanos, explicou Raquel Dodge.

Durante o evento, os ex-PGRs falaram sobre os fatos que marcaram a história do Ministério Público Federal, nos últimos 30 anos. Entre os temas comentados, a morte do procurador Pedro Jorge em 1983, a criação da Constituição Federal em 1988, e um pouco de como cada um escolheu ou foi escolhido pelo MPF. “Partimos da premissa de que é fundamental resgatar a memória institucional, valorizar o passado e atuar de forma segura para viabilizar um futuro de conquistas para quem faz o Ministério Público e, principalmente, para a sociedade brasileira”, destacou a PGR.

MPF Cidadão 30 anoso projeto tem como objetivos resgatar a história do MPF, por meio de pesquisas documentais, coleta de depoimentos de membros e servidores e disponibilização do conteúdo em Portal na internet; destacar as muitas frentes de atuação da Instituição, com a realização e divulgação de ações coordenadas nas temáticas prioritárias; mostrar a importância dos trabalhos de defesa dos direitos humanos realizados pelo MPF, que permeia toda a atuação temática da Instituição, e promover a cidadania e o interesse público.

Ao longo de todo o ano de 2018, mais de 30 atividades serão realizadas com o propósito de destacar todas as áreas de atuação da Instituição. Audiências públicas, ações coordenadas e apresentação de resultados da atuação das Câmaras de Coordenação e Revisão (CCRs), da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), da Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE), da Procuradoria-Geral da República (PGR) e da Secretaria-Geral (SG).

Além dos eventos, serão produzidos dois documentários em vídeo, para exibição na TV Justiça, nos canais do MPF nas redes sociais e em salas de cinema parceiras. As produções também devem integrar o acervo do Memorial do MPF.

O projeto abrange ainda a revitalização do Memorial do MPF, localizado na sede da PGR, em Brasília, bem como a definição de modelos para implantação de exposições temporárias. A primeira exposição deve conter fotos que marcam a história da Instituição.