Associação solicita celeridade em indicação de membro do MPU no CNJ

O documento ressalta a importância da urgência da escolha do novo membro naquele colegiado

Considerando o apertado calendário de votações do Congresso Nacional neste ano eleitoral, a ANPR encaminhou, nesta quinta-feira (17), ofício à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, solicitando celeridade na indicação do novo representante do Ministério Público da União no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em substituição ao procurador regional da República Rogério José Bento Soares do Nascimento, que deixou o conselho em março.

No documento, o presidente da ANPR, José Robalinho Cavalcanti, ressalta a importância da urgência da escolha do novo membro naquele colegiado porque o nome indicado pela PGR ainda terá de passar por sabatina e aprovação no Senado Federal, que devido às festas juninas e à Copa do Mundo, deve manter as atividades somente até o próximo 14 de junho.

De acordo com Robalinho, a ausência do representante do MPU no CNJ prejudica o equilíbrio daquele colegiado previsto pelo constituinte. ?Falta ali a visão e o voto de um representante do MPU, que agregue a nossa experiência e visão do mundo ao colegiado?, destaca em trecho do documento.
 

Confira a íntegra do ofício.