Nota Pública - Frentas repudia ataque a candidato à Presidência da República

Frente Associativa repudia qualquer tipo de violência e ataques que coloquem em risco a tolerância e o debate democrático

Diante da notícia de que o candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro foi esfaqueado durante visita ao estado de Minas Gerais, a Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público (Frentas) vem a público lamentar a violência praticada e repudiar todo tipo de agressão contra qualquer candidato. Aguarda-se responsabilização do agressor, já identificado pelas autoridades policiais, conclamando todos à serenidade. 

 

Guilherme Guimarães Feliciano

Presidente da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) e coordenador da Frentas

José Robalinho Cavalcanti

Presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR)

Fernando Marcelo Mendes

Presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasileiro (Ajufe)

Victor Hugo Palmeiro de Azevedo Neto

Presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp)

Jayme Martins de Oliveira Neto

Presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB)

Ângelo Fabiano Farias da Costa

Presidente da Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT)

Elísio Teixeira Lima Neto

Presidente da Associação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (AMPDFT)

Fábio Francisco Esteves

Presidente da Associação dos Magistrados do Distrito Federal (Amagis-DF)

Antônio Pereira Duarte

Presidente da Associação Nacional do Ministério Público Militar (ANMPM)