Prêmio Innovare anuncia finalistas

Premiação ocorrerá dia 6 de dezembro

A Comissão Julgadora do 15º Prêmio Innovare divulgou, nesta terça-feira (30), os resultados da reunião, no Rio de Janeiro, que escolheu, entre as 654 práticas inscritas, a vencedora do Prêmio Destaque e as 12 finalistas.

O Prêmio Destaque, com o tema “Combate à corrupção”, foi para a prática Curso de Formação de Auditores Sociais, de autoria do auditor federal de Finanças e Controle da CGU Welliton Resende Silva, de São Luís do Maranhão (MA). Já o anúncio sobre as iniciativas vencedoras das seis categorias do Innovare só será feito na cerimônia de premiação, programada para 6 de dezembro, no Salão Branco do Supremo Tribunal Federal, em Brasília.

A prática vencedora do prêmio Destaque está em funcionamento desde janeiro de 2011 e foi elaborada a partir de pedidos de instituições locais de São Luís. “Foi por causa do convite de entidades da Igreja Católica, ONGs e sindicatos para que eu realizasse uma formação voltada ao controle social dos recursos públicos. O trabalho tem baixo custo e o treinamento é eminentemente prático, nos fins de semana”, explica Welliton Resende.

O Curso de Formação de Auditores Sociais (CFAS) é um trabalho voluntário, ministrado por Welliton e destinado a quaisquer pessoas interessadas em aprender como fiscalizar os recursos. Durante as aulas, os alunos aprendem as principais técnicas de auditoria e fiscalização.

A Comissão Julgadora do Innovare é composta por 31 jurados. Estiveram na reunião, na última segunda-feira (22), a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e os ministros Luis Roberto Barroso, Luis Felipe Salomão, Mauro Campbell Marques, Marco Aurélio Bellizze, Sidnei Beneti, Cesar Asfor Rocha, Gilson Dipp, Ives Gandra e Lélio Bentes Correa e Grace Mendonça; além do desembargador Antônio Carlos Malheiros, juíza Andréa Pachá, os advogados e professores Gustavo Binembojm e Pierpaolo Bottini; o promotor de Justiça José Carlos Cosenzo, o consultor tributário Everardo Maciel e o diretor-executivo do Instituto Helena Florisbal, Octavio Florisbal.

Também participaram os membros do Conselho Superior do Innovare Claudio Lamachia, do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil; Luiz Pontel de Souza, da Secretaria Nacional de Justiça do Ministério da Justiça e Segurança Pública; José Robalinho Cavalcanti, da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR); Victor Hugo Palmeiro de Azevedo Neto, da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp); Antonio Maffezoli, da Associação Nacional dos Defensores Públicos (Anadep); Flavio Oliveira Lucas, da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe); e Renata Gil, da Associação dos Magistrados do Brasil (AMB). Da diretoria do Innovare, participaram o diretor-presidente, Sérgio Renault, o diretor Antonio Claudio Ferreira Netto e a coordenadora Raquel Khichfy.

O sigilo da votação durante a reunião é garantido por um sistema eletrônico. O voto é computado por meio de um pager. Os escolhidos serão contatados pela coordenação do prêmio para informações sobre a participação na cerimônia do STF, ocasião em que serão revelados os premiados e homenageados.

Todas as iniciativas, mesmo que não sejam premiadas, são arquivadas no site do Instituto Innovare para que possam ser consultadas por um sistema de buscas por palavra-chave, categoria ou estado da Federação. Ao todo, o banco já reúne mais de 6 mil práticas de variados temas, disponíveis para inspirar novas iniciativas ou colaborar na implementação destes trabalhos onde for necessário.

Com informações do Instituto Innovare