VII Prêmio República: inscrições prorrogadas até 1º de março

ANPR prorroga prazo de inscrições para Prêmio República de Valorização do Ministério Público

O prazo de inscrição de trabalhos no VII Prêmio República de Valorização do Ministério Público Federal foi prorrogado até 1º de março de 2019, observando o horário oficial de Brasília-DF. Criado há sete anos pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), o Prêmio República identifica, premia e dá visibilidade à atuação dos membros do MPF, além de reconhecer iniciativas da sociedade civil, da imprensa e de advogados.

Para participar, basta acessar a página www.anpr.org.br/premiorepublica, criar login e senha, preencher a Ficha de Inscrição eletrônica e anexar o artigo ou matéria de acordo com o formato determinado no Regulamento (anexo). Cada participante pode inscrever até três trabalhos.

Nesta edição, o VII Prêmio República conta com 12 categorias, sendo nove dedicadas aos membros do MPF e uma exclusiva para advogados. Serão contempladas ações – como inquéritos civis públicos, recomendações, termos de ajustamento de conduta e audiências públicas – ocorridas entre 2014 e 2018.

A categoria Responsabilidade Social premiará iniciativas da sociedade civil como parceiras do Ministério Público Federal. Os projetos vencedores nesta categoria receberão premiação em dinheiro, sendo R$ 5 mil, R$ 3 mil e R$ 2 mil, respectivamente, para os três primeiros colocados.

Na categoria Jornalismo, serão premiadas reportagens referentes à atuação do MPF em quatro modalidades: impresso, rádio, televisão e internet. São aceitos trabalhos jornalísticos publicados entre 1º de janeiro de 2018 e 1º de janeiro de 2019.

Nos últimos anos, o Prêmio República de Valorização do Ministério Público Federal distribuiu cerca de 125 troféus entre os mais de 400 inscritos.

Sobre o Prêmio - A primeira edição, em 2013, premiou apenas membros do MPF em sete categorias. Em 2014, a premiação foi estendida à sociedade civil. Na terceira edição, a categoria Jornalismo foi incluída, premiando reportagens que deram visibilidade à atuação do MPF pelo Brasil. E, após seis edições, o República passou a ser considerado pelo Portal dos Jornalistas na elaboração do ranking Jornalistas&Cia dos mais premiados jornalistas brasileiros. Em 2018, a novidade ficou por conta da categoria Advocacia de direitos coletivos.