Finalistas | VI Prêmio República

Finalistas

Nessa terça-feira, 28, a Comissão Julgadora do III Prêmio República de Valorização do Ministério Público Federal se reunirá para escolher os trabalhos vencedores desta edição. O colegiado selecionará três finalistas em cada categoria e, entre eles, o primeiro colocado. Os nomes serão revelados em cerimônia a ser realizada no dia 5 de maio.

A organização do Prêmio entrará em contato com os escolhidos, convocando-os para a premiação. Todos os finalistas receberão certificado de participação. Para os que não residem em Brasília (DF), a Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), responsável pelo evento, arcará com despesas de passagem e hospedagem.

O III Prêmio República conta com 11 categorias, sendo nove delas destinadas a iniciativas de membros do Ministério Público Federal, uma para jornalistas e outra para projetos de responsabilidade social da sociedade civil.

I – Constitucional e Infraconstitucional

II – Criminal

III – Consumidor e Ordem Econômica

IV – Meio Ambiente e Patrimônio Cultural

V – Combate à Corrupção

VI – Comunidades Tradicionais

VII – Controle Externo da Atividade Policial e Sistema Prisional

VIII – Direitos do Cidadão

IX – Eleitoral

X – Responsabilidade Social

XI – Jornalismo

Os vencedores participarão de um jantar, a convite da ANPR para comemorar a vitória e a parceria entre os entes que se dedicam à promoção da Justiça e à desfesa do Estado Democrático de Direito. Além da premiação, os ganhadores concorrerão a passagem aérea para qualquer capital brasileira com direito a acompanhante e a duas malas de viagem. O primeiro item é uma oferta da agência de Viagens Maiorca e o segundo da Bancorbrás, ambas parceiras da Associação.

Saiba mais – O Prêmio foi criado em 2013 com o intuito de valorizar iniciativas de membros do MPF. Em 2014, passou a reconhecer iniciativas da sociedade civil.

Já foram premiados 14 trabalhos de membros do MPF e um da sociedade civil, na categoria Responsabilidade Social. Ela abrange projetos sociais importantes de proteção do meio ambiente, promoção da infância e da juventude, respeito e valorização dos idosos, educação, saúde, combate às drogas, entre outros.

Compõem a Comissão o presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), Alexandre Camanho; o procurador-geral da República, Rodrigo Janot; o ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello; o ministro do Superior Tribunal de Justiça Herman Benjamin; o secretário de Reforma do Judiciário, Flávio Crocce Caetano; o diretor de Comunicação da ANPR, Alan Mansur; a subprocuradora-geral da República Denise Vinci Tulio, membro titular da 5ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF; a fundadora da organização Escola de Gente, Cláudia Werneck; e o vice-presidente Regional Centro-Oeste da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Wanderlei Pozzembom.