Entidades realizam live para debater vivências e trajetórias das mulheres no sistema de justiça

Entidades realizam live para debater vivências e trajetórias das mulheres no sistema de justiça

Entidades que representam carreiras essenciais à justiça realizarão na próxima quinta-feira (10), às 10h, a live “Mulheres na Justiça: vivências e trajetórias". Participam da organização a Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), a Associação Nacional das Procuradoras e Procuradores do Trabalho (ANPT), a Associação dos Juízes Federais (AJUFE), a Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais (ANADEF), a Associação Nacional dos Advogados Públicos Federais (ANAFE) e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

O evento será online, gratuito e transmitido pelo canal do YouTube da TV ANPR.

O objetivo é reunir representantes de comissões representativas de mulheres de diferentes carreiras jurídicas para debater questões de gênero sob óticas e experiências diversas, propondo soluções para promoção de igualdades no âmbito do sistema de justiça. Serão abordados temas como maternidade, formação, ações afirmativas, presença de mulheres em cargos decisórios.

Na ocasião, será lançado o edital para chamamento de artigos para a obra coletiva que irá discutir visões e transformações de mulheres nas funções essenciais à justiça na busca por igualdades.

A mesa será composta por Herta Rani Teles Santos (ANAFE), Juliana de Oliveira Góis (ANPT), Maria Pilar Prazeres de Almeida (ANADEF), Mariana Camargo Contessa (AJUFE) e Nildete Santana de Oliveira (OAB/DF). A mediação ficará por conta da procuradora da República Natália Lourenço Soares, integrante da Comissão ANPR Mulheres.

Confira mais informações sobre as participantes

Herta Rani Teles Santos - Mestre em teoria do Estado e Filosofia pela Universidade de Lisboa e Doutoranda em Direito e Sociologia pela Universidade de Coimbra. Procuradora da Fazenda Nacional. Atuou ainda como consultora jurídica do Ministério dos Direitos Humanos, coordenadora de Assuntos Finalísticos do Ministério da Educação, integrante do Núcleo de Assuntos Econômicos (SAJ) da Presidência da República, foi co-idealizadora e co-fundadora do @tributosaelas e coordenadora da Comissão da Mulher da Associação dos Advogados Públicos Federais (Anafe).

Juliana de Oliveira Góis - Procuradora do Trabalho, especialista em Direito Individual e Processual do Trabalho pela USP, especialista em Economia do Trabalho e Sindicalismo pela Unicamp, bacharel em Direito (UNIP Campinas) e bacharel em Ciências Sociais com habilitação em Sociologia e Ciência Política (Unicamp).

Maria Pilar Prazeres de Almeida - Defensora Pública Federal, pós-graduanda em Direitos Humanos. Foi Defensora Pública do Estado da Bahia e do Estado do Espírito Santo. Atualmente, é vice-presidente da Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais (ANADEF).

Mariana Camargo Contessa - Juíza Federal Substituta, mestranda em Ciência Política pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Natália Soares – procuradora da República, mestre em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco, especialista pela Escola Superior do Ministério Público da União, integrante da ANPR Mulheres.

Nildete Santana de Oliveira - Doutora em Direito pelo Centro Universitário UniCeub e pela Universidade Nacional do Litoral - UNL, em Santa Fé (Argentina). Mestre pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Advogada atuante nas áreas de Direitos Humanos, Direito Material e Processual do Trabalho, Direito Previdenciário. Atualmente, pesquisa sobre Direitos Humanos sobre questões de Gênero e Assédio no Mundo do Trabalho. É vice-presidente da Associação Brasileira de Advogados (ABRA). É Conselheira Seccional e Presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB/DF.


Imprimir   Email