ANPR Mulheres: obra coletiva recebe artigos até dia 22 de agosto

A ANPR Mulheres prorrogou para o dia 22 de agosto o fim do prazo de entrega dos artigos científicos sobre "A presença das mulheres nas funções essenciais à Justiça", material a ser publicado em e-book (formato eletrônico) organizado pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) e outras entidades. A iniciativa busca fomentar a discussão sobre a paridade de gênero nas carreiras e instituições jurídicas.

Os associados e associadas devem enviar as obras para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. com o título “EDITAL – MULHERES”. Não haverá seleção, de forma que todos os artigos enviados – após submetidos pela avaliação das comissões, constarão na publicação.

Os organizadores sugerem as seguintes abordagens:
a) Mulheres negras nas carreiras jurídicas;
b) Mulheres com deficiência nas carreiras jurídicas;
c) Impactos da equidade de gênero e diversidades nas carreiras jurídicas: aplicação do direito e sociedade;
d) Cotas, demais ações afirmativas e sua efetividade;
e) Licença paternidade ou compartilhada, creches e acolhimento para mães e pais no local de trabalho;
f) Falhas democráticas e ausência de mulheres em cargos decisórios;
g) Decisões dos conselhos deliberativos das carreiras jurídicas em questões de gênero;
h) Maternidade e mulheres que integram o sistema de Justiça;
i) Acesso da mulher à formação e às práticas jurídicas;
j) Ingresso, permanência e ascensão das mulheres nas carreiras jurídicas.

A iniciativa conta ainda com as participações da Associação dos Juízes Federais (AJUFE), da Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais (ANADEF), da Associação Nacional dos Advogados Públicos Federais (ANAFE) e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Clique aqui para acessar o edital.


Imprimir   Email