Audiência pública sobre a presença feminina em eventos jurídicos

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) promoveu no dia 17, audiência pública para debater a representatividade de mulheres em eventos jurídicos do MP como palestrantes, conferencistas, debatedoras e congêneres. O presidente da ANPR, José Robalinho Cavalcanti, integrou a mesa de abertura, que também contou com a presença da Procuradora Federal dos Direitos do Cidadão, Deborah Duprat, da subprocuradora-geral da República Ela Wiecko, da secretária-geral do CNMP, Adriana Zawada, e outras autoridades. A diretora Secretária da ANPR, Caroline Maciel, também estava presente.Robalinho destacou o papel que a ANPR vem desempenhando na tentativa de mudar essa realidade. “Em 2017, promovemos um espaço de debate para tratar das questões de gênero e, agora, voltaremos a debater o tema no Encontro Nacional”, explicou. De acordo com ele, a busca por equidade é urgente e necessária. “Garantir a presença feminina nos debates é o primeiro passo para que haja lugar de fala em todos os espaços: conselhos, chefias, cargos”, defendeu Robalinho.


Imprimir   Email