O Escândalo da Mandioca

A Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) e a Fundação Pedro Jorge (FPJ) lançaram a 2ª edição do livro “O Escândalo da Mandioca”, que agora também conta com uma versão digital (eBook). Escrita pela subprocuradora-geral da República aposentada Dalva Almeida, a obra trata do assassinato do procurador da República Pedro Jorge de Melo e Silva, morto na década de 80 por denunciar um dos maiores esquemas de corrupção do país. 

São quase 400 páginas que resultam de pesquisa bibliográfica a respeito do crime que ganhou repercussão nacional. Em março de 1982, em Olinda, Pernambuco, Pedro Jorge foi morto a tiros ao sair de uma padaria. De acordo com as investigações, tratou-se de uma morte encomendada porque o agente público denunciou pessoas envolvidas num esquema ilícito de concessão de crédito agrícola, por parte do Banco do Brasil, no município de Floresta, sertão do estado.

A autora relata como o crime ocorreu, os bastidores da investigação e do julgamento. Além disso, a obra traz um pouco da experiência que Dalva Almeida teve nesse contexto, visto que foi ela quem assumiu a vaga de Pedro Jorge, no Ministério Público Federal (MPF) e recebeu a missão de prosseguir com as apurações.

 

Serviço:
“O Escândalo da Mandioca”, 2ª Edição. 
396 páginas
Ano: 2022
Compre aqui o eBook. 

Baixe aqui a versão gratuita em pdf. 


Imprimir   Email